Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Mês das Mães: Keyla Ávila – Profissão: mãe

2024-05-30 às 14:00
Foto: Divulgação

Conhecida por sua atuação como economista e ativista política, Keyla Ávila também é uma mulher apegada à família. Mãe de três filhos, incluindo duas filhas do coração, ele aprende diariamente com eles sobre coragem, dedicação e amor

por Michelle de Geus

Guerreira, determinada e apegada à família, Keyla Ávila é uma das novas lideranças da política ponta-grossense. A empresária e economista começou a sua trajetória no ramo financeiro, aos 13 anos, como aprendiz no Banco do Brasil, e atualmente é proprietária de uma agência de soluções financeiras, a Okey’s Brasil. Mas é no papel de mãe que ela se realiza e se completa.

Aos 23 anos, Keyla teve o seu primeiro filho, Fernando. “A minha gravidez foi muito pensada e planejada. O Fernando foi um menino muito esperado e muito amado, por ser o primeiro”, conta. Hoje, ele está com 26 anos e atua como engenheiro civil. “É um homem comprometido, disciplinado, centrado e muito perspicaz. Ele é a minha versão masculina”, brinca.

Filhas do coração

Depois vieram duas meninas, Helena Regina e Maria Vitória, que Keyla costuma dizer que são filhas do coração. “Eu sempre quis ter família grande, mas Deus quis me proporcionar ser mãe de outra forma, então ganhei dois lindos presentes”, afirma. “Como Deus é perfeito em suas ações, as meninas chegaram na minha vida em momentos especiais e de uma forma simplesmente linda”, acrescenta.
Helena foi recebida por Keyla como um presente divino aos dois anos. “Era uma menininha linda, loira e meiga. Hoje é um mulherão, linda e sedutora”, aponta. Atualmente, Helena está com 22 anos, é estudante de Publicidade e já atua na área. “Ela é determinada, aventureira, inteligente, dinâmica, criativa e independente”, define.

Alguns anos mais tarde, chegou Mavi, irmã de sangue de Helena. Ela tinha quatro anos na época e agora está prestes a fazer 12. “A Mavi tem uma beleza exótica; ela sabe e usa isso ao seu favor. É a minha cantora, com alma de artista e grande sensibilidade para a música. É também muito esperta, brava e de personalidade fortíssima”, descreve Keyla, divertindo-se carinhosamente com os traços da filha.

Cumplicidade e sintonia

A empresária observa que os filhos têm grande afinidade entre si – e que cada um exige um tipo específico de cuidado. “O Fernando nunca me incomodou, sempre foi muito tranquilo e soube conduzir a sua vida. Já com as meninas eu tenho um pouco mais de preocupação e cuidado”, comenta. “Acredito que, se fossem irmãos de sangue, não haveria tanta sintonia e cumplicidade entre eles. É apaixonante ver as qualidades de cada um e viver essas diferenças”, declara.

Invertendo os papéis

Ao longo de sua caminhada, Keyla ganhou mais uma “filha” inesperada: a própria mãe, que sofreu dois AVCs e foi diagnosticada com Alzheimer, necessitando de cuidados em tempo integral. “Às vezes, ainda é difícil acreditar que uma mulher dinâmica, vaidosa e que gostava tanto de dançar está completamente dependente. Toda essa situação me fez reavaliar valores e, por fim, invertemos os papéis”, observa.

Tudo por eles e para eles

“Os meus meus filhos são a minha vida, eu me resumo neles. Tudo é por eles e para eles”, resume Keyla, destacando que existe muita união em sua família e que os filhos estão ao seu lado em todos os momentos e projetos. “Isso me faz acreditar no quanto eu dei certo como mãe. Pois não existe receita, apenas o sentir e fazer acontecer. Mais do que política ou economista, a minha profissão, com alta graduação, é ser mãe”, conclui.

Conteúdo publicado originalmente na Revista D’Ponta #301