Sábado, 13 de Julho de 2024

Centro de Oficinas para Mulheres promove Yoga no Aterro do Lago Igapó neste domingo (21)

2023-05-19 às 14:19

O Centro de Oficinas para as Mulheres (COM), da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), promove neste domingo (21), a partir das 9h, uma aula aberta de Yoga no Aterro do Lago Igapó, próximo à rotatória entre as avenidas Maringá e Ayrton Senna da Silva. A oficina será ministrada pela instrutora Hérika Lombardi, voluntária da SMPM que, desde fevereiro, oferece aulas de Yoga Hormonal às quintas-feiras, na sede do COM (Rua Valparaíso, 189 – Jardim Guanabara).

De acordo com a gerente do COM, Carina Souza, foram disponibilizadas 20 vagas para a atividade, que é gratuita. “Para que todas as mulheres possam ser bem atendidas, principalmente pensando na questão da postura e do espaço, limitamos o número de vagas. Além disso, para se inscrever é necessário ter mais de 18 anos e residir em Londrina, na área urbana ou em qualquer um dos distritos”, explicou. As interessadas em participar devem entrar em contato com a SMPM pelo WhatsApp (43) 9 9945-0056 ou comparecer presencialmente à unidade do COM.

A instrutora Hérika Lombardi explicou que a prática da yoga é recomendável para todos os tipos de pessoas, independente de idade ou força física. “Não importa se é a sua primeira vez fazendo a primeira aula ou se já é uma aluna de nível intermediário ou avançado, a aula é sempre adaptada para que todas possam participar. Ao longo de toda atividade, vou guiando as participantes, que serão todas muito bem-vindas”, comentou.

A professora ainda ressaltou os inúmeros benefícios que a Yoga pode trazer para o corpo e a mente, como a diminuição do estresse e o alívio da ansiedade, por exemplo. “Os exercícios também são ótimos para reduzir as inflamações no corpo, melhora a saúde do coração, a qualidade do sono, a flexibilidade do corpo e o equilíbrio. Além disso, também podemos listar a melhora na capacidade respiratória, o alívio de enxaquecas e a promoção de uma consciência de hábitos alimentares mais saudáveis”, finalizou.

da assessoria