Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Equipes de Saúde de Castro fazem treinamento para combater a dengue

2023-05-10 às 13:52

Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) que trabalham na Secretaria Municipal de Saúde de Castro participaram esta semana de uma capacitação para o combate à dengue no município. O treinamento foi ministrado pela Secretaria, juntamente com a 3ª Regional de Saúde de Ponta Grossa.

Com o tema Visita Vetorial, o treinamento teve como finalidade atualizar e preparar os servidores para fazerem visitas às residências no município, para a localização de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, orientação aos moradores quanto a prevenção de doenças como a dengue e eliminação dos criadouros.

O treinamento ocorreu num momento de relevante aumento dos números relacionados à dengue, em todo estado. Só nos primeiros quatro meses deste ano, por exemplo, Castro já registrou mais notificações de casos suspeitos/confirmados que durante o ano passado inteiro, além disso, o município já confirmou sete casos da doença entre janeiro e início de maio de 2023, enquanto ao longo de 2022 foram registrados apenas cinco casos.

De acordo com a coordenadora técnica da Vigilância Epidemiológica do município, enfermeira Edinéia Dias Arrabal Kurachi, participar do treinamento deu mais condições aos agentes de atuarem para redução dos criadouros e de consequentes casos da doença. “O treinamento visa diminuir possíveis focos de infecção, consequentemente diminui os números de criadouros e número de casos”, destacou.

Combate ao mosquito

O Aedes aegypti é o mosquito transmissor de vírus causadores de doenças como a dengue, zika e chikungunya. Para combater o inseto é preciso eliminar todos os possíveis criadouros, que são, sobretudo, recipientes com água parada. O combate exige atenção com os vasos de plantas, pneus armazenados ou usados de forma ornamental, lixeiras, piscinas, recipiente de água de animais, entre outros.

Entenda o ciclo de vida do mosquito

De acordo com informações do Portal Fiocruz, o Aedes aegypti passa por quatro etapas até chegar a forma de mosquito: ovo, larva, pupa e forma adulta. Um ovo demora de sete a 10 dias para se transformar em mosquito adulto.

Primeiro o mosquito fêmea deposita seus ovos em qualquer recipiente, em seguida, quando se encontram em meio aquoso, os ovos passam pelo processo de incubação, que pode durar de alguns dias, a meses. A terceira fase desse processo é a transformação das larvas em pupas, o que ocorre em apenas cinco dias. As pupas vivem na água e demoram cerca de dois dias para se transformarem em mosquitos adultos, com capacidade para voar.

da assessoria