Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Agro&Negócio: Bombeiros e ambientalistas se reúnem em Brasília para evento internacional, por Ricardo Weg

Em pauta as novas tecnologias no combate a incêndios agroflorestais
11/09/2021 às 14:01

Os modernos equipamentos para o combate a incêndios florestais e também no agronegócio serão demonstrados em Brasília. O evento acontece num momento crucial, em que são registrados novos focos de incêndio a cada três minutos, como é o caso de Minas Gerais. As queimadas, infelizmente, se repetem em quase todo País.

O evento voltado aos bombeiros e ambientalistas contará com palestrantes do Brasil, Canadá, Estados Unidos, Austrália e Portugal. No pátio de exposição haverá viaturas, com destaque para as com tecnologias embarcadas, assim como de fácil mobilidade.

“Vamos mostrar o UTV 4×4, que é um veículo inédito no Brasil, para áreas de difícil acesso e que exigem velocidade com equipamentos de combate a incêndio”, explica Marius Guirado, diretor da ÊxitoFire, empresa fornecedora de equipamentos. “Os primeiros focos precisam ser combatidos rapidamente, e os grandes caminhões não conseguem acessar terrenos, sem estrada, por exemplo”, afirma Guirado.

Os tanques flexíveis também são destacados, tanto os portáteis para uso em aeronaves, como os para mobilidade terrestre, adaptados em pick-ups. Outra novidade é a linha de carretas, que podem ser puxadas por qualquer tipo de veículo, e tem sido ideal para fazendas do agronegócio, e parques florestais urbanos. “Isso porque os tanques podem estar sempre carregados, prontos para o uso, basta engatar e sair”, explica Guirado. As carretas são equipadas com bombas para o lançamento de água, espuma e todo tipo de produto usado no combate a incêndios.

As carretinhas mais modernas têm um sistema exclusivo de eixo, onde as rodas ficam livres, para acessar terrenos acidentados. Outra novidade nas carretas é quanto ao engate giratório que reduz o risco de capotamento.

Outras tecnologias, em especial as portáteis, também serão mostradas na feira. Como é o caso da ‘mochila extintora’. Com uma bomba de dupla ação acoplada na mochila com capacidade para até 21 litros, o bombeiro pode apagar rapidamente os focos iniciais de diversos tipos de incêndio. A bomba funciona nos dois sentidos, por isso diminui o esforço do operador, sem parar o combate. Há também novidades como o apoio lombar, que gera mais conforto.

Também estarão na exposição ferramentas, como abafadores, foices e inchadas 4×1, que permitem ao bombeiro tanto abrir aceiros pequenos, como cortar cercas de arame rapidamente.

Em tempos de seca, é comum que os bombeiros tenham dificuldade em captar água, devido a baixa dos reservatórios. Por isso foi desenvolvida uma bomba para captar água em pequenas lâminas d‘água. “Com a bomba flutuante conseguimos captar água e qualquer lâmina, por menor que seja”, destaca Guirado.

Maiores incêndios da nossa história

“O ano de 2020 registrou os maiores incêndios florestais da história do Brasil, e a tendência cada vez mais é de aumento deste tipo de ocorrência nos biomas brasileiros. Protocolos de atuação conjunta e de prevenção devem ser estabelecidos com urgência para protegermos nossas florestas. As experiências de outros países com tradição nestes desastres, pois essa certamente será uma ferramenta importante na aceleração do processo de melhoria dos serviços que prestamos à sociedade”, destacou o coronel Renato Paim, Secretário Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Evento internacional

O Brasil é vitrine mundial quando se fala em florestas e na produção de alimentos. No entanto, tem sido cada vez mais comuns as queimadas de grandes proporções. Com vistas a reverter esse quadro, e disseminar as técnicas e equipamentos para o combate, será realizado o seminário.

Organizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), o “I Seminário Internacional de Gestão em Incêndios Florestais”, ocorre entre os dias 14 e 17 de setembro. Será o primeiro evento da Jornada Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (Jonasp).

O evento terá encontros com temáticas diversificadas em todas as regiões do Brasil. Também integrará a programação a realização de webinários com debatedores que são referência em diversos assuntos relacionados à Segurança Pública.

“A Jonasp tem como objetivo proporcionar maior integração entre os governos Federal, Estadual e Municipal. Além disso, estamos atentos às experiências exitosas no campo da Segurança Pública existentes no Brasil e em outros países. Essa troca de informações pode, inclusive, fomentar a ampliação de determinadas experiências para o restante do país”, destaca o secretário Renato Paim.

O I Seminário Internacional de Gestão em Incêndios Florestais ocorre no auditório da Academia do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal e tem como objetivo reunir profissionais da área de combate a incêndio florestal dos diversos setores dos Governos Estaduais e Federal, no intuito de compartilhar boas práticas e experiências, além de discutir novas técnicas e procedimentos referentes à gestão deste tipo de desastre.

Saiba mais:

DATA: 14 A 17 DE SETEMBRO DE 2021.

LOCAL: Academia de Bombeiro Militar do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. – CBMDF.
Endereço: Setor Policial, Área Especial 3, SHCS, CEP 70602-900

Agro&Negócio

por Ricardo Weg

Formado em comunicação-social, letras e MBA em Marketing Digital (Fundação Getulio Vargas), Ricardo Wegrzynovski é multimídia (internet, TV e rádio). Empolgado com a vida, trabalha com marketing e tecnologia. Escreve também para o gigante The Rio Times. É assessor de comunicação em política. Nesse setor trabalhou com a equipe do ex-presidente dos EUA, Barack Obama. Em Brasília, onde morou por 13 anos, trabalhou na Câmara dos Deputados, Ipea, Ministério da Agricultura, e Presidência da República. No exterior trabalhou em Londres e Portugal. Paranaense gente boa, manezinho adotado pela ilha, mora em Floripa quando pode. No mais é “nômade digital”.