Vídeo: Baleia gigante com filhote é registrada em Florianópolis, por Ricardo Weg | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Vídeo: Baleia gigante com filhote é registrada em Florianópolis, por Ricardo Weg

2021-08-16 às 12:37

Mãe e filhote de baleia-franca foram registrados por drone, em ângulos inéditos e exclusivos. Isso aconteceu graças ao ProFRANCA Instituto Australis, que tem uma rede de voluntários. O registro desta semana aconteceu na Praia dos Açores, Sul da Ilha, Florianópolis (SC). Não trata-se de pouca coisa, é um registro importantíssimo para quem acompanha os animais marinhos, pois infelizmente esse tipo de baleia está com alto risco de extinção.

O registro é muito bem catalogado pelo ProFRANCA e Instituto Australis. “Esta baleia já era conhecida e catalogada desde 2008, e retornou outras vezes para o Sul do Brasil, em 2011 e 2015, todas as vezes acompanhada de um filhote. Este ano é o quarto registro dela no Litoral brasileiro”, afirma a Diretora de Pesquisa do ProFRANCA, Karina Groch.

“Este registro é importante para monitorar o retorno destas baleias para nosso Litoral, bem como a quantidade de filhotes, o que representa o crescimento e recuperação populacional desta espécie que ainda está ameaçada de extinção no Brasil”, destaca Karina Groch. O projeto, a rede de voluntários, a catalogação, o registro, a pesquisa e muitos outros trabalhos envolvidos com a preservação das baleias só funciona graças ao patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

A baleia que aparece nas imagens é catalogada como B496. O registro deste final de semana em Florianópolis serve de comparativo com o do dia 3 de Julho, feito pelo ProFRANCA. Na ocasião, o par de mãe e filhote foi registrado na praia de Itapirubá Norte, em Imbituba, onde permaneceu até o dia 16 de julho.

O registro em Floripa, de acordo com a Diretora de Pesquisa do ProFRANCA, Karina Groch tem importância principalmente para a comparação da evolução do filhote, além da alta qualidade das imagens, “o registro com o intervalo de 40 dias foi importante para avaliar o crescimento do filhote, que é bastante rápido após o nascimento, para garantir a sobrevivência durante a migração e chegada nas áreas de alimentação na região Antártica. As baleias-francas procuram águas quentes e calmas para o nascimento e cuidados dos filhotes durante os 2 a 3 primeiros meses de vida”.

As baleias-francas chegaram mais cedo na temporada 2021, no Sul do Estado, mas até agora haviam poucos registros confirmados da espécie em Florianópolis. Nesta semana, além da baleia B496, registrada com o filhote no sábado (14), na Praia dos Açores, outras 4 baleias adultas foram registradas na sexta-feira (13) próximo à Barra da Lagoa.

De agosto a novembro, o Projeto ProFRANCA realiza uma de suas principais atividades de pesquisa, o monitoramento por terra. É um monitoramento sistemático realizado na região da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, contribuindo com a conservação da espécie. A praia dos Açores faz parte da APA da Baleia Franca, uma unidade de conservação que protege a principal área de concentração reprodutiva das baleias franca no Brasil.

A temporada reprodutiva das baleias-francas vai de Julho a Novembro, com pico de ocorrência em Setembro, quando será realizado o principal sobrevoo de monitoramento da espécie. O sobrevoo é realizado para censagem e fotoidentificação das baleias presentes em Santa Catarina e no litoral norte do Rio Grande do Sul. Este ano, o ProFRANCA também realiza saídas embarcadas para um estudo inédito sobre a ecologia alimentar das baleias-franca. O ProFRANCA – Projeto Franca Austral – é realizado pelo Instituto Australis e conta com patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental.

Saiba mais: www.baleiafranca.org.br

Agro&Negócio

por Ricardo Weg

Formado em comunicação-social, letras e MBA em Marketing Digital (Fundação Getulio Vargas), Ricardo Wegrzynovski é multimídia (internet, TV e rádio). Empolgado com a vida, trabalha com marketing e tecnologia. Escreve também para o gigante The Rio Times. É assessor de comunicação em política. Nesse setor trabalhou com a equipe do ex-presidente dos EUA, Barack Obama. Em Brasília, onde morou por 13 anos, trabalhou na Câmara dos Deputados, Ipea, Ministério da Agricultura, e Presidência da República. No exterior trabalhou em Londres e Portugal. Paranaense gente boa, manezinho adotado pela ilha, mora em Floripa quando pode. No mais é “nômade digital”.