Segunda-feira, 22 de Abril de 2024

Eleições 2020: Mabel Canto propõe faixas preferenciais para ônibus

2020-10-09 às 14:05

Modelo visa otimizar deslocamento no transporte coletivo e diminuir tempo de espera dos passageiros entre pontos e terminais

No projeto de mobilidade urbana da candidata à prefeitura de Ponta Grossa, Mabel Canto (PSC), uma das sugestões para agilizar o transporte coletivo é a criação de faixas preferenciais para os ônibus. A medida deve diminuir o tempo que os passageiros perdem, seja nos pontos esperando pelo transporte ou no trânsito com os engarrafamentos.

De acordo com a candidata, a sugestão é fazer com que dentro das principais avenidas sejam implantadas faixas preferenciais para ônibus. Isso não implicaria em nenhuma obra, fazendo com que as faixas funcionem normalmente, mas sendo preferenciais para ônibus e que também podendo ser exclusivas em determinados momentos do dia, como nos horários de pico.

“Em Ponta Grossa não conseguimos fazer na mesma estrutura de Curitiba por várias razões. Primeiro porque a cidade não é planejada e não se faz planejamento na cidade há anos. Além disso, nossas ruas são muitos estreitas. Então se for pensar nas principais avenidas, como Vicente Machado, Balduíno Taques, Ernesto Vilela e Visconde de Mauá, o prejuízo seria muito grande. Demandaria obras e não conseguiria viabilizar outros modelos de transporte”, analisa

O objetivo é fazer com que o transporte coletivo seja otimizado. Hoje os principais problemas registrados em Ponta Grossa são a lotação e a demora. A prefeitura terminou neste ano o plano mobilidade e foi registrado, por exemplo, que o trajeto entre o Terminal Nova Rússia e o Terminal Central leva 20 minutos. Contudo, metade desse período é tempo parado ou com as pessoas nos pontos ou no trânsito. Com as canaletas preferenciais será possível melhorar a viagem das pessoas e fazer com que cheguem nos terminais ou em determinados pontos muito mais rápido. “A nossa proposta não necessariamente inclui obra. O plano de mobilidade já fez uma reestruturação do sistema de transporte e estamos pensando em manter isso e fazer com que algumas vias da cidade recebam essas vias preferenciais”.

Da assessoria