Quarta-feira, 22 de Maio de 2024

“As pesquisas estão de palhaçada”, afirma Paulo Martins, candidato ao Senado no PR

2022-08-29 às 07:58
Foto: Reprodução

O deputado federal e candidato ao Senado pelo Paraná, Paulo Martins, participou na manhã desta segunda-feira (29) de entrevista ao portal D’Ponta News em parceria com a Rede T de rádios. Durante a conversa, Martins afirmou que “as pesquisas estão de palhaçada”. “Instituto de Pesquisa, não quero generalizar, mas com as exceções de praxe que elas devem existir. Esse que substituiu o Ibope, que é o Ipec, isso é uma palhaçada. Eles publicaram uma esses dias na RPC que é uma brincadeira, nem estatística apresentaram no relatório”, aponta.

Para o candidato, o apoio ao presidente Bolsonaro não é representado pelos levantamentos. “A sensibilidade social que a gente tem é muito mais favorável ao presidente e você tem argumentos reais para pensar nisso. Se for ver as estruturas sociais que hoje apoiam Bolsonaro e aqueles que apoiam a esquerda, as do Bolsonaro são muito mais onerosas. Forças de segurança apoiam, pequenos comerciantes, líderes religiosos, não são necessariamente categorias profissionais”, pontua. Ele complementa afirmando que as estruturas que apoiam o atual mandatário são mais fortes e maiores e que as que oferecem suporte à esquerda são “artificiais”.

Apoio

Natural de São Paulo, Martins veio para o Paraná quando tinha 19 anos, posteriormente atuando como jornalista. “O Paraná me deu tudo, amigos, profissão, umas ‘cacetadas’ da vida que me fizeram homem, me deu minha esposa e a minha filha, de um ano e meio”, afirma. Ele relembra que a relação com Bolsonaro teve início quando ainda atuava na comunicação. Paulo falou também sobre o apoio que recebe do atual presidente do Brasil para sua campanha ao Senado. De acordo com ele, o suporte começou a ser construído entre outubro e novembro de 2021, apesar de se conhecerem há mais tempo. “Ele me perguntou como estava o cenário, e como seria com o governador, O presidente me disse que gostava da ideia, gostava do meu nome, a gente se conhece há um tempão. Fui construindo muito discretamente, não falei para ninguém sobre isso, sobre o apoio do Bolsonaro, fui construindo”, conta. O deputado ainda comentou que possui proximidade com o governador Ratinho Jr. o que a seu ver potencializa a parceria entre Governo Estadual e Federal. “Uma aliança eleitoral com o governador, que vinha dar capilaridade e capitalizar ganhos eleitorais com esforço que o governo federal já vinha fazendo no Paraná. Isso era interessante para ele e foi se estreitando. Quero deixar claro que, em nenhum momento ao buscar construir a minha candidatura, eu tratei desconstruir candidaturas alheias. Não tem uma única pessoa no Palácio, em qualquer lugar, que pode dar esse testemunho de fala negativa sobre qualquer candidato”, conclui.

A entrevista completa pode ser conferida abaixo:

Ao vivo: Entrevista com o candidato a senador Paulo Martins (PL)