Domingo, 14 de Agosto de 2022

Cesar Silvestri vai recorrer à Justiça para reaver sua candidatura ao Senado

05/08/2022 às 10:17

O ex-prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PSDB), irá à Justiça para derrubar a decisão da Federação Nacional PSDB/Cidadania, que o tirou da disputa ao Senado, dando a vaga ao senador Alvaro Dias (Podemos). Ao D’Ponta News, Silvestri afirmou que “a decisão é levar à Justiça essa questão da intervenção do PSDB nacional na decisão da federação do Paraná”. Ainda de acordo com ele, a ação será proposta nas próximas horas. “O entendimento nosso é que é uma decisão arbitrária, ilegal, e desrespeita o estatuto da federação e foi tomada a partir de pressões políticas do senador Álvaro Dias ao PSDB Nacional”, afirma.

“Colocando o apoio do Podemos a uma série de estados do Brasil em troca da retirada da minha candidatura para que ele pudesse se apropriar do tempo de rádio e televisão nosso para a candidatura dele, de uma forma autoritária e antidemocrática que desrespeita as decisões tomadas pelas lideranças pelo Paraná, que mostra esse apego ao cargo, essa obsessão a se manter senador a qualquer preço, a qualquer custo, ainda que de forma autoritária e desrespeitosa”, contou o candidato.

“Vou judicializar a questão. Entendo que  teremos provimento judicial porque é uma decisão ilegal e merece ser reparado pela Justiça Eleitoral e para que isso acontecendo eu possa manter minha candidatura e que o Senador Álvaro Dias dispute comigo no voto e não no tapetão”, finaliza Silvestri.