Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

Laudo aponta que homem que matou professora em PG é parcialmente incapaz

2020-12-10 às 17:04

Um laudo médico identificou que Marcelo Ávila, homem acusado da matar a ex-esposa, Luciane Ávila, em 2019, é parcialmente incapaz de responder pelos próprios atos. Marcelo assassinou a professora em dezembro de 2019 a facadas quando ela chegava na escola em que dava aulas.

O advogado de defesa de Marcelo pediu na Justiça que ele fosse submetido a exame de sanidade mental. O pedido foi acatado pelo Poder Judiciário. O exame médico foi realizado, tendo sido constatado pelo médico psiquiatra que Marcelo sofre de Episódio Depressivo Grave.

Ou seja, o laudo mostra que ao tempo da ação, apesar de inteiramente capaz de entender o caráter criminoso do ato, ele estava parcialmente incapaz de determinar-se de acordo com esse entendimento pela doença que possui. Marcelo Ávila deve ser levado ao Júri Popular, porém, caso condenado, o laudo deve permitir que a pena dele seja reduzida de um a dois terços.

Leia também: https://dpontanews.com.br/geral/em-pg-acusado-de-matar-a-professora-luciane-avila-pede-exame-de-sanidade-mental/

Foto: Arquivo pessoal