Domingo, 19 de Maio de 2024

Vídeo: Atitudes de Sergio Moro mostram desespero para ganhar as eleições e abandono de princípios e valores básicos, afirma presidente nacional do Podemos

2022-09-08 às 14:31

Uma tentativa frustrada do ex-ministro Sergio Moro de prejudicar a campanha do senador e candidato à reeleição, Alvaro Dias (Podemos), rendeu uma resposta direta da deputada federal e presidente nacional da sigla, Renata de Abreu, através de um vídeo que circula pela internet. “Hoje eu vi um card de Sergio Moro batendo, pasmem, em Alvaro Dias, querendo sinalizar para os eleitores de Bolsonaro, que ele traiu, dizendo que o PT está apoiando Alvaro Dias”, conta. Para a parlamentar, a atitude mostra o “desespero para ganhar as eleições” e o abandono de “princípios e valores básicos para qualquer ser humano”. No Paraná, o PT apoia, publicamente, a candidata Rosane Ferreira, do Partido Verde.

Abreu relembra o fato que o atual senador sempre se posicionou contra a corrupção, antes mesmo da Lava Jato, tendo proposto o fim do foro privilegiado e a prisão após segunda instância. “É ele que combate os privilégios, mas não com discursos e sim com atitudes, que orgulham todos nós brasileiros, que abriu mão de receber uma aposentadoria especial que ele teria direito como ex-governador para ser leal ao que defende”, diz. A fidelidade do ex-juiz também é colocada à prova pela deputada ao relembrar que Dias se manteve ao lado de Moro quando houve uma tentativa de retirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) do Ministério da Justiça.

Renata destaca ainda a polêmica recente em que o 1º suplente do ex-juiz teria recebido dinheiro do União Brasil pouco antes de ser oficializado na chapa. “Depois que seu primeiro suplente recebeu R$ 1 milhão de seu atual partido, você virou as costas para o Podemos e para ele”, pontua. “Eu fui uma das brasileiras que acreditou em ti e estou perplexa de ver você querer chegar ao poder batendo naqueles que sempre te acolheram. Foi assim com Bolsonaro e agora com Alvaro Dias, mas o Paraná vai mostrar ao Brasil que é com amor e união, e não com ódio e desconstrução, que o nosso país vai avançar”, continua a parlamentar.

Ela finaliza propondo um desafio a Sergio Moro. “Apresente ao Brasil o porquê você quer ser senador, suas propostas, seus projetos. Gaste seu tempo construindo pontes e não destruindo laços”, conclui.