Domingo, 19 de Maio de 2024

Coluna Draft comemora um ano no D’Ponta News com mais de 150 publicações

2022-08-18 às 08:23

Nesta quinta-feira (18), a coluna Draft celebra seu primeiro aniversário no portal D’Ponta News. Comandada pelo professor e escritor Edgar Talevi, ela é publicada nas segundas, quartas e sextas. Até o momento foram 158 publicações abordando temas diversos, como política, religião, música, futebol, sociedade, além, é claro, de dicas e lições da Língua Portuguesa. São, em média, mil leitores que acompanharam as publicações neste primeiro ano.

Entre os textos mais acessados estão “deus está morto!“, ensaio sobre os paradigmas envolvendo o Divino na história humana, seguido de “Mídias digitais e a queda do esquerdismo na Educação!“, avaliação na qual o colunista discorre sobre a relação entre tecnologia, política e educação. Outro texto que chamou a atenção dos leitores foi, “Neoliberalismo na Educação Brasileira“, onde o professor debate o referido modelo capitalista e o ensino. Ainda na temática política, “Se Lula vencer, o Brasil poderá se tornar comunista?” trouxe uma análise do cenário eleitoral brasileiro e possíveis consequências de uma vitória do candidato do PT.

No âmbito cultural, “Os 10 ‘melhores’ livros que já li!” trouxe a lista com as obras preferidas do escritor. Outro texto que cativou leitores foi “Era uma vez Renato Russo“, uma reflexão que empresta os versos do vocalista da Legião Urbana em sua construção. Houve ainda espaço para o esporte, com “Afinal, o Palmeiras é Campeão Mundial?“, sentimentos, no artigo “Domingo, 12: Amor, eterno Amor!“, e várias lições e curiosidades da Língua Portuguesa.

Talevi destaca que a Draft representa “o pensamento Democrático de uma sociedade plural, em que diversas fontes e formas de opinião são levadas em consideração para que o leitor assuma o protagonismo e seja o sujeito da informação. Propor uma coluna séria, com uma gama multifacetada de assuntos de relevância na atualidade é insígnia da Draft que, no decorrer deste seu primeiro ano de existência, proporcionou um debate amplo e inestimável de ideias e reflexões. Produzir a Draft é uma grande alegria e uma enorme responsabilidade, por isso a preocupação com a abrangência dos temas e dos espaços de cultura presentes nela”.