Economia & Vida: “Cozinhar é um ato de amor! E de economia!”, por Sara Paravarini | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024

Economia & Vida: “Cozinhar é um ato de amor! E de economia!”, por Sara Paravarini

2021-05-07 às 15:39

O ano de 2020 foi um ano atípico, a pandemia nos deixou mais tempo em casa, redescobrimos os sabores e prazeres da boa mesa, das refeições fartas em família. No início a internet foi nossa aliada e muitas pessoas que nunca tinham cozinhado se colocaram na posição de “masterchef” e adentraram o santuário da cozinha. Para se ter uma ideia deste fenômeno no mês de abril de 2020 a pesquisa no Google “como fazer pão” bateu recorde de buscas.

Embora os relatos de pessoas que passaram a cozinhar em casa sejam comuns, afinal é algo para se orgulhar, para mim tem sido muito comum os pedidos de ajuda, pois muitas pessoas não sabem para onde seu dinheiro está indo. Quando começamos a conversar sobre os gastos mensais, o percentual despendido com pedido de comida pronta, no modelo de delivery, é bem significativo. Eu mesma, no meu planejamento mensal, precisei reestabelecer limites para estes gastos.

Eu gosto de cozinhar, tenho duas filhas, com 4 e 10 anos, e é sempre prazeroso vê-las comer algo que eu preparei e ouvir “mamãe estava uma delícia”, mas confesso que durante a pandemia em meio ao trabalho remoto, ensino online e todos os desafios impostos, muitas vezes me vi impulsionada a comprar comida pronta.  Como os números não mentem precisei revisar meu planejamento e incluir a boa velha comida caseira para reduzir nossos gastos familiares.

Neste momento você pode estar pensando “eu já faço comida em casa”, mas e os pedidos especiais, você já experimentou fazer sua própria pizza? Aprender a fazer sushi?  Doces caseiros, que tal?

Eu quero te desafiar por um exemplo, alguns dias atrás minhas filhas pediram donuts, aquele bolinho doce do Homer Simpson, fofinho, algumas vezes recheado e outras vezes com cobertura. Pois bem, eu já havia comprando estas delícias aqui em Ponta Grossa e sabia que custavam em torno de R$ 10 cada, como somos em 4 eu precisaria comprar no mínimo 6, pois as crianças geralmente querem repetir, incluindo a taxa de entrega eu gastaria R$ 70. Neste mês especificamente eu já havia gasto o valor destinado para pedir comida pronta, então fui a internet em busca de um receita fácil para fazer meus próprios donuts.

Rapidamente encontrei uma receita, que julguei adequada aos meus conhecimentos culinários, e também aos ingredientes que tínhamos em casa, porque não queria o custo de sair para comprar. A partir da receita eu fiz a contabilização dos custos, considerando o preço médio dos ingredientes e a porção utilizada na receita. Com esta receita eu fiz mais de 12 donuts, só consegui contar 12 porque ficou tão bom que começaram a comer mesmo antes de eu acabar de fritar J. O meu custo total foi de R$ 30, menos da metade  do valor que gastaria com apenas 6 donuts. O meu custo unitário por donut foi de R$ 2,50. Não é incrível?

Que tal demonstrar amor e ainda economizar? A receita do donut eu já deixei para você! Mão na massa!

 

Receita Donuts

Massa

4 xícaras de farinha de trigo;

250 ml de água;

3 colheres de sopa de açúcar;

2 ovos;

1 colher de chá de sal;

1 envelope (sachê) de fermento biológico seco (ou 3 tabletes de fermento fresco);

1 colher de sopa de margarina;

Óleo para fritar (meia garrafa);

Coloque o açúcar e o fermento em um recipiente. Misture bem. Acrescente a margarina, o sal e os ovos. Misture bem. Acrescente, aos poucos, a farinha e a água, alternando entre um e outro. Sove a massa até que ela esteja homogênea e lisa, sem grudar. Reserva a massa em um recipiente coberto com plástico filme e aguarde ela dobrar de tamanho.

Quando a massa já tiver crescido, abra a massa em uma superfície lisa e enfarinhada e deixe-a bem espalhada, com a ajuda de um rolo. Ela deve ter a espessura de cerca de 1 centímetro e meio.

Para cortar eu utilizei um copo grande para fazer o círculo maior do donuts e um copinho de brinquedo para fazer o pequeno furo no meio, assim você terá aquele aspecto de rosquinha.

Reserve as rosquinhas em uma forma enfarinhada. Cubra e deixe descansar por 20 minutos.

Em seguida, frite as rosquinhas em óleo morno (não deixe o óleo aquecer demais) até que fiquem douradas por fora. O tempo para cada lado é de 40 segundos a 1 minuto.

 

Cobertura

3 colheres de sopa de açúcar;

1 sache de canela em pó;

Após fritar deixe escorrer em papel toalha e com o donut ainda quente passe no açúcar com canela.

Você pode fazer coberturas mais elaboradas com chocolate, glacê, entre outros, aqui em casa gostamos assim.

 

Recheio

1 caixa ou lata de leite condensado

4 colheres de leite em pó

1 colher de sopa de margarina;

Aqui basta fazer um brigadeiro, você pode inclusive trocar o leite em pó por chocolate em pó. Coloque os ingredientes em uma panela antiaderente, fogo médio e mexa até o ponto de brigadeiro.

Corte os donuts ao meio, ficando com 2 roscas finas, e passe o recheio. Na nossa casa deixamos o recheio para cada um passar a gosto ou comer sem recheio se preferir!

Bom apetite!